6.05.2007

Escuridão e Luz!

Alguém fez a pergunta, “Qual é a diferença entre escuridão e maldade?” E, de maneira breve nos respondemos e dissemos, “Escuridão é um estado natural de ser”.

Escuridão pode ser chamada de vários outros nomes, negativos. Ela pode ser chamada de energia feminina. Ela pode ser chamada de “outra” energia, o “outro lado”, seja qual for o nome que queiram dar. É apenas parte da equação. Ela pode ser o “zero” comparado ao “um” da iluminação. Ou, ela pode ser o “um” comparado ao “zero”. A escuridão e a luz no seu sentido mais puro não estão trancadas dentro das suas estruturas de energia. Elas mudam... vocês vêem. Elas mudam para a frente e para trás – da escuridão para luz. Elas mudam suas personalidades.

Então a questão foi feita – escuridão versus maldade. E, nós dissemos que a escuridão é um estado natural de ser. É parte da dualidade. É uma dimensão em si mesma. É a parceira e a amante da luz. E, elas mudam de papel de lá para cá.

Maldade (“E v i l” em inglês) – a qual alguns de vocês sabem que pode ser viver (“L i v e” em inglês) soletrando a palavra ao contrário - maldade é um desequilíbrio da escuridão, onde há muito foco na escuridão, e bastante foco nas – que nós poderíamos chamar – nas energias de raiva talvez... ou ódio... ou impaciência... falta de amor... como você quiser defini-la, É um desequilíbrio da escuridão. Ela está colocando um foco na escuridão e tentando ignorar a luz.

Assim, surgiu a questão da nossa querida Linda, “Então o que ela é quando há luz desequilibrada?”. E, porque nós estávamos – como dizer – tentando responder o maior número de perguntas possível, nós a adiamos. Mas, nós gostaríamos de falar sobre isto por um momento agora, porque é um aspecto muito importante de ser um ser múltiplo-dimensional e um múltiplo-potencial na Terra. Vocês precisam entender a dinâmica da luz e da escuridão.

Luz… vocês são “Trabalhadores da Luz”. Vocês trabalham na Luz, eliminando a escuridão do universo. Isto é o maior engodo, Shaumbra (algumas risadas). Isto também é desequilíbrio. Nós temos uma palavra para isto aqui. Ela realmente não está relacionada a nenhuma palavra humana. Mas, na melhor tradução nós podemos fornecer, nós chamamos isto de “anost”, anost (Tobias pronunciou isto como uh-NAHST). Que significa um desequilibro da luz. O desequilibro da luz, ou anost, é uma recusa da escuridão. É uma recusa da metade de vocês mesmos, se não for mais.

Há várias, várias pessoas da Nova Era... nós estamos rindo aqui porque Cauldre está... ele está balançando sua cabeça para nós. Ele diz, “Agora, nós iremos contrariar tudo das pessoas da Nova Era”. Mas, eles precisam de um pouco de antagonismo, vocês sabem (algumas risadas). É hora deles saírem dos seus tronos um tanto quanto macios... vejam vocês.

Há também um desequilibro para a luz. E, nós temos que rir quando ouvimos sobre os “guerreiros da luz”. O que vocês estão batalhando? Vocês vão sair fora e guerrear com a escuridão? Bem, elas vão ganhar, porque elas são fortes... vejam. E, porque vocês estão sacando as suas espadas, elas irão sacar as delas também. E, agora vocês têm uma verdadeira batalha em andamento. Agora, vocês têm, apesar de todas as suas palavras de paz e de amor e todas estas outras coisas... a sua negação da escuridão que cria em primeiro lugar a batalha.

Vejam... a escuridão está simplesmente pedindo para se reconhecida. Agora, esta é uma dura questão para alguns por causa da coberta da escuridão. A escuridão tem recebido um golpe ruim... vejam... das, sim, das igrejas, de tudo. Vocês não podem ser escuridão. A escuridão freqüentemente é equiparada à maldade. E, ela não é. Ela é simplesmente uma versão desequilibrada, versão instável da escuridão. Não há nada de errado com a escuridão.

Assim, Shaumbra, vocês podem estar em desequilíbrio com a luz, tão desequilibrados que isto faz com que sua própria fortaleza seja débil. Depois, ocorre que vocês falam destas palavras esotéricas suaves a respeito de paz na Terra, mas realmente não entendem qual é a dinâmica. Vocês querem salvar o mundo sem ter compaixão pelo mundo.

Geralmente, quando vemos uma pessoa desequilibrada com a luz, a primeira coisa que reconhecemos e a falta de compaixão, por incrível que pareça. Vocês podem pensar que a escuridão pode ter falta de compaixão. Mas, é a luz, a luz desequilibrada, pensando que tudo deve ser salvo, e eles são os únicos que podem salvar.

O que acontece quando as pessoas estão desequilibradas com a luz é que elas se tornam muito aéreas, etéricas, mal ancoradas, intangíveis. Mas, elas não são nem de longe eficientes. Elas têm todos estes conceitos suaves que realmente não são práticos, realmente não movimentam a energia no todo. O desequilíbrio da luz é empurrado pela energia e derrubado pela energia, antes de ser verdadeiramente efetiva em movimentar a energia.

Shoud 6: “A SOMBRA DO EU E OS POTENCIAIS - Parte 2” TOBIAS
http://www.novasenergias.net/tobias/textos/TbSCl6.htm

0 Comments:

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home